Corrimentos

As doenças mais frequentes são: a vaginose bacteriana; a candidíase e a tricomoníase.

 candidíase(monilíase)
Tem como agente causador , na maioria das vezes , um fungo da espécie Cândida que em condições normais faz parte da flora vaginal. O problema é quando o meio vaginal se torna mais ácido, favorecendo a sua proliferação.
Sintomas: coceira vulvar, dor, inchaço, vermelhidão, ardor ao urinar e presença de corrimento branco semelhante a leite coalhado.Tem piora na fase pré-menstrual.Tratamento: Fluconazol; Itraconazol ou Cetoconazol, podem ser associados a cremes intravaginais: nistatina; butoconazol2%; clotrimazol1%; Isoconazol1% e etioconazol.Também vale a pena, banhos de assento com bicarbonato de sódio: 30 a 60 g dissolvidos em 1l de água.

Vaginose Bacteriana
É uma doença caracterizada pela substituição dos lactobacilos normais da vagina, por bactérias anaeróbicas como a Prevotella sp.;Mobiluncus sp.;Gardnerella vaginalis e Mycoplasma hominis. Provoca um corrimento amarelado ou branco-acinzentado com odor forte.Este cheiro piora após o coito ou durante a menstruação.Também pode haver: dor durante a relação;ardor ao urinar e coceira.
Entretanto, 50% das mulherem não tem nenhum sintoma.Na gestante pode levar a um trabalho de parto prematuro e rotura prematura de membranas.Tratamento:Abstinência Sexual; comprimidos ou cremes vaginais contendo: Metronidazol;Tinidazol; Secnidazol; Clotrinazol. Evite o uso de alcóol até 24h após o tratamento.Não pode ser usado durante a gravidez.

Tricomoníase

É causado pelo parasita Trichomonas vaginalis tendo transmissão principalmente sexual.Geralmente há um corrimento esverdeado ou amarelado ; bolhoso e fétido.Também é acompanhado por ardor ao urinar; dor durante as relações e coceira.
Também pode ser tratado com: Metronidazol;Tinidazol; Secnidazol.

Cervicites

Geralmente é decorrente de infecção pelas bactérias Neisseria e Clamídia. O meio de transmissão é sexual.O principal problema está nas sequelas como, aderências e infertilidade.Geralmente a manifestação é um corrimento amarelado purulento com odor fétido associado a dores na pelve.Mas atenção, nem sempre o corrimento está presente! O tratamento pode ser feito com penicilina; doxiciclina; tetraciclina e cloranfenicol.O parceiro também deve ser tratado.

Outros motivos  Menopausa: neste caso a falta de hormônio pode causar um ressecamento que acarreta irritação genital e coceira. O uso de cremes vaginais contendo estrogênios pode prevenir este sintoma.

Uso de sabonetes: antibactericidas; antifúngicos; uso de espermicidas; cremes lubrificantes e protetores diários de calcinha também podem caudar irritação. Isto provoca ardor , vermelhidão e coceira local.

 

agosto 21, 2010 at 6:34 pm 11 comentários


visitantes online


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.